Carnaval dos idosos

37 Flares Facebook 35 Twitter 0 Google+ 2 LinkedIn 0 37 Flares ×

A energia contagiou um grande salão de festas na tarde desta quarta-feira (3) e foi impossível não entrar na brincadeira do Baile de Carnaval dos Idosos, promovido pela Fundação de Ação Social (FAS) com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba (FCC). Mais de 1,2 mil idosos que participam dos grupos de convivência e fortalecimento de vínculos dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), dos Centros de Atividades para Idosos (CATI) e das instituições de longa permanência, estiveram no evento, que já é tradicional no Carnaval de Curitiba.

“Eu espero essa festa o ano todo. Costuro a minha fantasia e das minhas amigas e adoro reencontrar os amigos e cair na folia”, disse a costureira aposentada Mara Lúcio, de 62 anos.

FORMATOS ANUNCIO GOOGLE - 468x60

A animação da festa ficou por conta das marchinhas tradicionais que foram entoadas em coro durante toda a tarde. “A gente não fica parado mesmo. Aqui tem muito carinho, alegria e respeito. Energia também, temos sobra. Na verdade, a gente dá um ‘baile’ em muito jovens por aí”, desafiou Iracema Santos de Oliveira, de 80 anos.

Para a presidente da FAS, Marcia Oleskovicz Fruet, a festa é uma celebração à vida. “A energia deles é invejável e é um momento de confraternização importante. As equipes da FAS e da FCC preparam esse momento com muito carinho e é recompensador ver tanta alegria”, afirmou.

Durante o Baile, os participantes receberam a visita do Cortejo Real de Curitiba, com a presença do Rei Momo e da rainha do Carnaval 2016. O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, também prestigiou o evento.

A festa não para

No sábado (6), 400 idosos de todas as regionais de Curitiba vão participar do desfile oficial do carnaval de Curitiba, junto com as demais escolas de samba. Na Rua Marechal Deodoro, o bloco Rancho das Flores promete emocionar o público com um enredo que contará a história de um dos casais mais famosos da cultura curitibana: Nhô Berlamino e Nhá Gabriela. Entre os sucessos da dupla sertaneja que surgiu na década de 40, estão os versos de “Mocinhas da Cidade” e “Paranaguá”.

“Me sinto muito feliz de poder homenagear esses dois, que fizeram parte da minha juventude. Fui muito em bailinhos que tocavam a música deles e agora vamos desfilar na avenida toda essa emoção”, adiantou Vanda Bonda, de 76 anos, que será a porta bandeira do Rancho das Flores.

37 Flares Facebook 35 Twitter 0 Google+ 2 LinkedIn 0 37 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

37 Flares Facebook 35 Twitter 0 Google+ 2 LinkedIn 0 37 Flares ×